Skip to main content
Silvilaser 2019

Silvilaser 2019 - Poster Presentations »

Aplicação do LiDAR para Estimar Alterações na Biomassa em Áreas de Manejo Florestal Madeireiro Sustentável na Amazônia

As estimativas de estoques de biomassa e carbono associadas com a Redução das Emissões por Desmatamento e Degradação florestal (REDD) requerem confiabilidade e acurácia das informações. Como a obtenção das variáveis em campo consome tempo e recursos, o estudo de métodos alternativos têm possibilitado extrair informações de áreas florestais confiavelmente. O sistema a laser aerotransportado LiDAR (Light Detection and Ranging), permite a obtenção de informações tridimensionais acerca da superfície terrestre. O objetivo deste estudo foi testar o uso de dados LiDAR para estimar as alterações na biomassa (AGB) associadas ao manejo madeireiro na Floresta Nacional do Jamari, Rondônia. Os sobrevoos ocorreram antes e após a exploração, juntos com coletas de campo em dez parcelas permanentes, segundo a metodologia da Rede de Monitoramento da Dinâmica de Florestas na Amazônia (REDEFLOR). Foi verificado alterações na AGB e cobertura do dossel, após a exploração, e correlacionadas para ajuste de um modelo de regressão. As variáveis preditoras do modelo foram avaliadas quanto ao pressuposto de correlação e normalidade, pelos testes de Pearson e Lilliefors, respectivamente, e pela análise gráfica dos resíduos. Em seguida, o modelo foi avaliado pelo desempenho dos parâmetros estatísticos da regressão e significância dos coeficientes pelo teste F. Uma equação linear foi gerada a partir da AGB coletada em campo (variável dependente “Y”) e a cobertura do dossel estimado com dados LiDAR (variável independente “X”). A redução média de AGB do dossel florestal foi de 21,36 Mg.ha-1 (8,9%) e a redução na cobertura do dossel, foi de 0,08 ha (8,2%), apresentado uma alta correlação (0,88; p-valor > 0,05) com distribuição normal entre as variáveis. O modelo foi considerado satisfatório, visto que apresentou bons resultados estatísticos como: R2 de 0,77, Raj2 de 0,74, RMSE de 21,10 Mg.ha- 1 e teste F de 27,21. Baseado na análise gráfica dos resíduos não foi possível identificar super ou subestimativas. Este trabalho demonstra o potencial do LiDAR para quantificação das alterações no estoque de AGB em florestas exploradas, indicando que o método pode ser uma ferramenta valiosa para sistemas de monitoramento de AGB e carbono relacionados a REDD. Devido às dificuldades associadas ao trabalho de campo em áreas remotas e aos altos custos, é admissível que as remedições sejam obtidas com dados LiDAR. Em estudos futuros, recomendamos que os sobrevoos e as medições de campo permaneçam constantes. Isso fornecerá um maior nível de confiança nas previsões das alterações da AGB.

Leilson Gomes
Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Geociências Aplicadas e Geodinâmica - Instituto de Geociências
Brazil

Ricardo Brites
Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Geociências Aplicadas e Geodinâmica - Instituto de Geociências
Brazil

Charton Locks
Serviço Florestal Brasileiro
Brazil

Hudson Veras
Universidade Federal do Paraná, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal
Brazil

Rosiane Anjos
Faculdade Educacional da Lapa - FAEL, Departamento de Pós-Graduação em Direito Ambiental e Sustentabilidade
Brazil

 


Powered by OpenConf®
Copyright ©2002-2018 Zakon Group LLC